Menu

Face Book

& Ndash; Propaganda & ndash;

Ana Paula Gabrich ex-braço direito de Roseli Pimentel é presa com veículos roubados

Ana Paula Gabrich ex-braço direito de Roseli Pimentel é presa com veículos roubados ex-secretaria de cultura de Santa Luzia Ana Paula Gabrich foi presa na tarde de ontem 21/02 no estacionamento do Via Brasil na região da Pampulha, tentando comercializar um veiculo Fox branco roubado. A polícia Civil em diligência encontrou mais um veículo na residência da mesma no centro de Santa Luzia, um fiat uno com placas adulteras e com documentação falsa, outro veiculo um Ecosport foi encontrado na casa do seu comparsa no (bairro) Duquesa, Carlos que já foi investigado e preso pela polícia Federal com quase duzentos quilos de maconha ainda não foi encontrado.

Congresso derruba vetos presidenciais à Lei da Adoção

Graças a um acordo de lideranças, o Congresso derrubou por unanimidade nesta terça-feira (20) o veto presidencial a dispositivos da Lei 13.509/2017, que prioriza a adoção de grupos de irmãos e crianças, além de adolescentes com problemas de saúde. A matéria será encaminhada à promulgação.

PBH recebe proposta para auditoria de transporte público

Na ultima segunda-feira, dia 19 de fevereiro, foi aberto o envelope de habilitação apresentado por empresa interessada em prestar serviços de auditoria e de verificação independente dos contratos referentes ao Serviço de Transporte Público Coletivo e Convencional de Passageiros por Ônibus do Município de Belo Horizonte, conforme especificado no edital 2017/002.

PTB desiste de indicar Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho

O PTB anunciou há pouco a desistência da indicação da deputada federal Cristiane Brasil (RJ) para o comando do Ministério do Trabalho. Em nota à imprensa divulgada hoje (20) no Twitter, o presidente nacional do partido e pai da deputada, Roberto Jefferson, atribuiu a retirada da indicação à “indecisão da ministra [do Supremo Tribunal Federal] Cármen Lúcia em não julgar o mérito neste primeiro semestre”.

Não há como votar reforma da Previdência durante intervenção

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afastou a possibilidade de votação da reforma da Previdência enquanto durar a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro. Segundo ele, não há segurança jurídica para interromper a intervenção para votar a reforma e nem mesmo de continuar a tramitação do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) no Congresso. 

Veja Mais
Veja Mais

POR DENTRO DO NOVO JEEP WRANGLER

Agora é a vez de conhecer um pouco do interior da nova geração do Jeep® Wrangler. O painel do ícone da marca mostra como unir com rara harmonia a tradição de 76 anos da Jeep com a tecnologia de recursos como a tela de TFT no quadro de instrumentos e o monitor central do sistema multimídia Uconnect, para citar apenas dois novos recursos do SUV mais valente produzido em série no mundo.

Hospital do Barreiro: estrutura completa

Quando inaugurado, há dois anos, o Hospital do Barreiro, funcionava com 47 leitos. Neste ano, no aniversário de 120 anos de BH, a Prefeitura entrega a instituição à população com todos os leitos em funcionamento.

PBH anuncia ações para reduzir acidentes no Anel Rodoviário

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, anunciou, nesta segunda-feira, 20 de novembro, novas medidas com o objetivo de reduzir acidentes no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, como a restrição do trânsito de veículos pesados em determinados trechos e em horários preestabelecidos.

Venda de veículos movidos a gasolina ou diesel pode ser proibida a partir de 2030

Os veículos movidos a gasolina ou diesel podem ser proibidos a partir de 2030 e em 2040 só vão poder circular pelas ruas brasileiras veículos elétricos ou abastecidos por biocombustíveis como o álcool. A proposta (PLS 304/2017), de autoria do senador Ciro Nogueira (PP-PI), pode virar lei e está em exame pelos senadores na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Análise da denúncia contra o presidente Michel Temer Ao Vivo

O Plenário da Câmara está reunido para votar o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva (Solicitação para Instauração de Processo 1/17).
O parecer foi lido ontem no Plenário pela segunda-secretária da Casa, deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO). Em seguida, o presidente foi notificado pelo primeiro-secretário, deputado Giacobo (PR-PR).

Veja Mais