Novo reforço do Maior de Minas, o lateral direito Lennon foi apresentado na tarde desta quarta-feira, na Toca da Raposa II. Tocantinense de Araguaína, o atleta atuava pelo Cruzeiro-RS e foi contratado por dois anos, com opção de renovação para mais duas temporadas.

Quem deu as boas vindas ao novo contratado foi o diretor de futebol Klauss Câmara, que destacou o trabalho integrado do departamento de futebol do Clube no processo de avaliação do jogador.

“Hoje, no Cruzeiro, não existe nenhuma decisão tomada sozinha. O jogador vinha sendo observado durante todo o estadual no Rio Grande do Sul. Obviamente, em todo clube é fundamental ter o aval do técnico. Mas a decisão foi de toda a diretoria do Cruzeiro. A contratação dele foi pelo que a gente identificou pelo calendário e até pela lateral esquerda, onde temos três na posição e todos foram utilizados. Era necessário ter três atletas para, ao longo da temporada, não termos nenhum tipo de problema”, informou o dirigente.

Feliz pela concretização da negociação, Lennon falou do privilégio de poder vestir a pesada camisa estrelada e da chance de trabalhar com um treinador do nível de Mano Menezes.

“Quero dizer que estou muito feliz pela oportunidade de estar aqui. Agradeço primeiramente a Deus e à minha família. E ao Cruzeiro, por abrir as portas para o meu trabalho. Vir com o aval do treinador é importante. Cobrança vai ter sempre por estar em um grande clube e por trabalhar com um grande treinador”, comemorou.

Um dos principais destaques do Campeonato Gaúcho deste ano, o jogador de 25 anos contou um pouco sobre sua trajetória no futebol.

“Comecei no Vila Nova de Goiás. Em 2012, fui vendido ao Botafogo. Em 2013, fui emprestado pelo Botafogo ao Atlético-GO, onde tive uma lesão no joelho. Em 2014, voltei para o Botafogo e fiz cirurgia. Demorei um pouco para me recuperar, fiquei um tempo parado por causa dessas lesões, que foram prejudiciais à minha carreira. Depois saí do Botafogo e disputei o Campeonato Gaúcho pelo Glória de Vacaria. Passei também pelo Sergipe até chegar em 2017 no Cruzeiro-RS”, relatou.

Lennon se considera um lateral ofensivo, sem deixar de lado a responsabilidade na defesa. O novo reforço celeste diz se espelhar em outro jogador que fez sucesso no Clube: o lateral direito Maicon.

“Gosto do Maicon, que inclusive jogou por aqui e fez bastante sucesso. Sempre procuro ver os vídeos dele para que eu possa desempenhar o mesmo futebol que ele desempenhou. Espero ser feliz no Cruzeiro como ele foi”, projeta.

Na Raposa, Lennon reencontrará um velho amigo, o lateral esquerdo Diogo Barbosa, com quem atutou junto no Vila Nova.

“O Diogo é um grande jogador, que vem crescendo a cada ano que passa. Desde as categorias de base do Vila Nova todos viam que ele tinha grande potencial. Não é à toa que hoje tem demonstrado isso”, elogia.

O novo lateral direito celeste vestirá a camisa 21 e chega para ocupar o setor ao lado de Ezequiel e Mayke, se tornando uma nova opção para a comissão técnica.

“Chego para somar e ajudar o grupo. O Ezequiel e o Mayke têm suas qualidades. Todos vão buscar espaço nos treinamentos. Graças a Deus o Cruzeiro pediu minha contratação. Estamos aqui hoje: de Cruzeiro para Cruzeiro”, reforçou.