Nos 460 leitos será possível realizar 20 mil exames ao mês. As diferenças já são constatadas: o tempo de espera nas nove UPAs, sete hospitais com pronto-socorro e outros municípios, mas que necessitam de cuidados de média ou alta complexidade, já foi reduzido em 36% com a abertura dos novos leitos.