Nesta no ultimo dia (20/03), às 9h, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), o Sinpro Minas, a CUT Minas, a CTB, outras entidades sindicais e lideranças dos movimentos sociais se reúnem para cobrar deputados federais uma posição deles sobre a Reforma da Previdência.

Essa atividade foi construída a partir de uma reunião ocorrida, recentemente, entre o Sind-UTE/MG e o Sinpro Minas com o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes, que se mostrou sensível à luta dessas entidades. Ele assumiu o compromisso de viabilizar esse encontro como sendo uma atividade institucional da Assembleia Legislativa. Assim, o presidente da ALMG convidou, institucionalmente, toda a bancada mineira de deputados e deputadas federais para esse encontro.

 

A coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, Beatriz Cerqueira, destaca a importância dessa agenda, lembrando que o governo Temer tem pressa em aprovar essa reforma, mas que a mobilização do povo nas ruas tem sido um termômetro do quanto a população rechaça essa proposta. “Buscamos, agora, o apoio e o comprometimento daqueles que elegemos para que votem contra a reforma da previdência. Precisamos barrar a PEC 287”, afirma.

Até o momento já confiram presença os seguintes deputados: Jô Morais, Padre João, Reginaldo Lopes, Patrus Ananias, Leonardo Monteiro, Ademir Camilo, Pastor Franklin, Fábio Ramalho, Newton Cardoso, Laudívio Carvalho, Subtenente Gonzaga,  Welinton Prado e Lincoln Portela.